Detector de notícias falsas do Google começa a funcionar no Brasil

Detector de notícias falsas do Google começa a funcionar no Brasil

A proliferação de blogs e sites de notícias falsas, sensacionalistas e não-verificadas é um problema que acendeu a luz de alerta das maiores empresas de internet, que começaram a se prejudicar com a perda de anunciantes. Para combater esses sites, o Google lançou, há dois meses, o serviço Fact Check integrado ao buscador.

Antes limitado a alguns países, desde a última semana o serviço é oferecido globalmente e em todos os idiomas. O sistema insere, junto aos links de notícias na página de buscas, uma etiqueta informando o gancho da matéria, a fonte e a agência responsável pela checagem.

No Brasil, as agências parceiras que trabalham junto ao Google são Aos Fatos, Agência Lupa e Agência Pública.

No entanto, nem todos os links irão conter as etiquetas, mesmo que a notícia seja verdadeira. Além disso, é possível que uma mesma notícia seja checada de forma conflitante por mais de uma agência. “Mesmo que conclusões diferentes possam ser apresentadas, acreditamos que ainda é útil para as pessoas entenderem o grau de consenso sobre uma afirmação”, informa a empresa.

Fonte: Administradores

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


%d blogueiros gostam disto: