Médica idosa perde licença por não saber mexer com computadores

Médica idosa perde licença por não saber mexer com computadores

Uma médica norte-americana de 84 anos perdeu uma briga judicial em New Hampshire, onde ela alega ter sido impedida de seguir praticando medicina devido à sua falta de traquejo com a burocracia moderna.

Em outubro, a doutora Anna Konopka se viu obrigada a entregar sua licença e fechar o consultório ao ser investigada pelo órgão médico estatal, que resolveu ir atrás dela após a família de um paciente reclamar que Kanopka não mantinha registros virtuais sobre as quantidades de drogas que prescrevia.

Esse registro é um requerimento legal, então, quando descobriu o que estava acontecendo, o órgão competente passou a cobrá-la. Acontece que a doutora aparentemente não estava deliberadamente burlando o sistema; o problema é que ela sequer tem computador, já que não sabe como lidar com as máquinas.

No começo de novembro, ela apresentou uma apelação para tentar reaver sua licença, mas, nesta segunda-feira, 27, um tribunal estadual negou o pedido, apesar de expressar “admiração” pela sua devoção aos pacientes.

Em entrevista ao Ars Technica, Kanopka chegou a dizer que, no remoto caso de obter a licença de volta, ela se disporia a aprender como mexer num computador para respeitar a legislação, algo que não tinha feito até então por, segundo ela, não ter tempo.

A doutora disse ainda que gostaria de seguir atendendo seus pacientes, mas não está preocupada com “medicina eletrônica”. Ela apresentou uma segunda apelação para tentar reverter a situação.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


%d blogueiros gostam disto: